Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Curiosidades’ Category

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Uau.

Números apetitosos

Imagem de destaque

Cerca de 3 milhões de pessoas visitam o Taj Mahal todos os anos. Este blog foi visitado cerca de 58,000 vezes em 2010. Se este blog fosse o Taj Mahal, eram precisos 7 dias para que essas pessoas o visitassem.

In 2010, there were 29 new posts, growing the total archive of this blog to 97 posts. Fez upload de 25 imagens, ocupando um total de 3mb. Isso equivale a cerca de 2 imagens por mês.

The busiest day of the year was 30 de março with 840 views. The most popular post that day was Cartão – Feliz Páscoa!.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram search.conduit.com, google.com.br, orkut.com.br, search.babylon.com e search.incredimail.com

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por salmo, nascer do sol, choro, salmo 27 e criança feliz

Atracções em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

Cartão – Feliz Páscoa! abril, 2009
9 comentários

2

Salmo 4 – Confiança em Deus, na angústia fevereiro, 2008
10 comentários

3

Cartão – Eu te amo papai! agosto, 2008
3 comentários

4

O amor de Deus fevereiro, 2008
4 comentários

5

Jesus cura uma mulher enferma fevereiro, 2009
7 comentários

Anúncios

Read Full Post »

“O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas. O mercenário, que não é pastor, a quem não pertencem as ovelhas, vê vir o lobo, abandona as ovelhas e foge; então, o lobo as arrebata e dispersa. O mercenário foge, porque é mercenário e não tem cuidado com as ovelhas. Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim, assim como o Pai me conhece a mim, e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas. Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a mim me convém conduzi-las; elas ouvirão a minha voz; então, haverá um rebanho e um pastor.”(João 10.10-16)

Quero falar sobre algumas características muito peculiares das ovelhas, e aqui eu falo do animalzinho mesmo, qualquer semelhança não será mera coincidência. Algumas ovelhas preferem escolher pastagens de qualidade inferior. Isto é uma das coisas que mais apavoram o pastor. As ovelhas, por dificuldade de faro, são susceptíveis a ingerir tudo o que encontram pela frente, não distinguindo as ervas daninhas, que podem lhes fazer mal ou mesmo levá-las a morte. Se no pasto existirem flores ou sementes coloridas, mas venenosas, que atraiam sua atenção, as ovelhas comerão sem saber que estão se envenenando. Elas têm hábitos repetitivos, pastam nos mesmos lugares até que destruam todo o pasto. Defecam no próprio campo onde comem, liberando vermes e parasitas. Se o pastor não dirigí-las a novos pastos, vão repetindo os velhos hábitos. A ovelha teimosa pastará sempre nos mesmos trilhos. O seu fim será o emagrecimento, doenças e sofrimento.

Algumas, em geral as mais velhas, disputam pela liderança do próprio rebanho, empurrando as mais novas para longe das melhores partes do pasto. Na época do outono as fêmeas passam a ser disputadas pelos machos. É o tempo do cio. Estes batem as suas cabeças umas nas outras tentando disputar a fêmea. O pastor sabe que isso pode ferí-los muito, por isso passa uma espécie de óleo em suas cabeças, para protegê-los.
O pior de tudo é que as ovelhas são muito medrosas, assustam-se facilmente e ao mínimo sinal de perigo ou problema elas acabam pulando nos precipícios.
Quando há uma ovelha muito rebelde e fujona no rebanho o pastor costuma quebrar as pernas dela com o seu cajado. Durante o processo de cura o pastor carrega a ovelha em seu colo o tempo todo e lhe dedica uma atenção especial, trazendo alimento, água e remédios. Enquanto a ovelha vai se recuperando, aprende a confiar em seu pastor e, depois de curada, dificilmente voltará a fugir novamente.
Mas cuidado! Os lobos estão rondando o aprisco! Muitos são os lobos pregadores que vão às televisões, rádios e até mesmo à internet vender a imagem de um Deus negociador e ameaçador, somente para fazer valer em seus templos as leis de mercado, oferta e procura. Não estou generalizando, sei que também existem pastores sérios que freqüentam as mesmas mídias com uma palavra revelada e genuinamente centrada em Deus. É preciso fazer uma separação aqui e não julgar os bons pastores pela conduta dos lobos e mercenários, mas o problema é que os lobos estão à solta mesmo, tentando enganar os mais desavisados. Passam por cima de qualquer coisa, até mesmo da verdade bíblica para construírem suas “teo-ideologias de mercado” centradas em seus próprios interesses. Classificam as ovelhas por números e poder aquisitivo ao invés de conhecê-las pelo nome. Os lobos são mestres das meias verdades, dizem facilitar o alcance das bênçãos através do dinheiro depositado em seus cofres. Os lobos não pedem oferta por amor ao Reino e para investir nele, fazem isto pelo seu próprio ventre. Ameaçam as ovelhas, não para curá-las, mas para mantê-las presas ao medo e ao seu domínio.
Por outro lado, algumas ovelhas não se podem fazer desculpáveis, porque elas mesmas são quem se deixam levar pelo cenário colorido, pintado pelo lobo, sem se dar conta de suas armadilhas e acabam sofrendo com as decisões tomadas. Ali são espoliadas de sua lã, carne e gordura. Os lobos, enganadores de ovelhas, conseguem se articular e, mentindo, transferem a culpa de seus atos para o aprisco, como se a condição de ser ovelha fosse a causadora da existência sádica do predador e mercenário. O resultado é a enorme quantidade de gente ferida, dentro e fora das igrejas, mutiladas, traumatizadas, é gente que desistiu de ser ovelha porque lembra e tem medo da mordida do lobo.
Mas, graças a Deus! Que nós não estamos sozinhos neste imenso aprisco chamado Igreja. Jesus, o bom pastor, nos chama pelo nome, está disposto a tirar os carrapichos de nossa lã, derramar bálsamo em nossas feridas e nos defender dos lobos com a própria vida. Somos ovelhas do seu rebanho e Nele temos provisão de bom alimento, aconchego e a segurança dos seus braços.
A chave para discernir entre o lobo e o pastor é a voz. As ovelhas reconhecem a voz de seu Senhor Pastor e sentem segurança ao ouvi-la. Precisamos nos familiarizar cada vez mais com esta voz a fim de que não sejamos levados por qualquer ameaça. Logo, estar junto ao som de Suas palavras é o lugar mais seguro do aprisco.
Nele temos segurança e paz, carinho e refúgio, alimento e cura. Ainda há tempo de ser levado aos pastos verdejantes e às águas tranqüilas. Podemos confiar no consolo da vara e cajado do Senhor. Sabemos que Nele somos defendidos de nossos inimigos e recebemos porções transbordantes de alegria. Nossa confiança é que com Ele habitaremos entre a bondade e a misericórdia para todo o sempre.
O Deus Pastor te abençoe rica, poderosa e sobrenaturalmente!
Autor: Pablo Massolar

Read Full Post »

São Jorge

Conta-se que por volta do 3º século depois de Cristo quando Diocleciano era imperador de Roma, havia nos domínios do seu vasto Império um jovem soldado chamado Jorge. Filho de pais cristãos, Jorge aprendeu desde a sua infância a temer a Deus e a crer em Jesus como seu Salvador pessoal. Nascido na antiga Capadócia, região que atualmente pertence à Turquia, Jorge mudou-se para a Palestina com sua mãe após a morte de seu pai. Lá foi promovido a capitão do exército romano devido a sua dedicação e habilidade – qualidades que levaram o imperador a lhe conferir o título de conde.

Com a idade de 23 anos passou a residir na corte imperial em Roma exercendo altas funções. E por essa época o imperador planejava matar todos os cristãos. No dia marcado quando o Senado confirmaria o decreto imperial, Jorge levantou-se no meio da reunião declarando-se espantado com aquela decisão e afirmou que os ídolos adorados nos templos pagãos eram falsos deuses; e, defendendo a fé evangélica, afirmou que Cristo é Deus e Senhor, e que pelo Espírito Santo todas as coisas são regidas e conservadas. Todos ficaram atônitos ao ouvirem estas palavras de um membro daquela suprema corte romana que, com grande ousadia, defendia a fé em Jesus Cristo como Senhor e Salvador dos homens, sem a necessidade da mediação ou veneração dos ídolos.

Indagado por um cônsul sobre a origem de sua grande ousadia Jorge, prontamente, respondeu-lhe que era por causa da VERDADE. O tal cônsul, não satisfeito, quer saber, então, O QUE É VERDADE? Jorge, sem pestanejar, responde: “A VERDADE É MEU SENHOR JESUS CRISTO, A QUEM VÓS PERSEGUIS, E EU SOU SERVO DE MEU REDENTOR JESUS CRISTO, E NELE CONFIADO ME PUS NO MEIO DE VÓS PARA DAR TESTEMUNHO DA VERDADE.” O imperador Diocleciano, então, disse a Jorge que se ele venerasse e sacrificasse aos ídolos lhe daria muitas honras e muitos bens. E só havia um jeito de Jorge continuar vivo – negar a sua fé em Jesus e passar a adorar as imagens dos deuses romanos. Deuses que a Bíblia declara no livro dos Salmos 135:15 à 17, o seguinte: “Os ídolos das nações são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca, mas não falam; têm olhos, e não vêem; têm ouvidos, mas não ouvem.” E, certamente, confiando nas palavras bíblicas registradas em Jeremias 10:5 onde lemos que “os ídolos (…) necessitam de quem os leve porquanto não podem andar. Não tenhais receio deles, pois não podem fazer mal e não está neles o fazer o bem”, Jorge, com uma fé digna de ser imitada por todos nós hoje, disse assim ao imperador: “NENHUM DESSES BENS QUE ME PROMETES PODERÃO DE ALGUMA MANEIRA APARTAR-ME DO MEU DEUS, NEM ALGUM GÊNERO DE TORMENTOS QUE INVENTARES PODERÁ TIRAR DE MIM O AMOR DE MEU REDENTOR, NEM CAUSAR EM MIM TEMOR ALGUM DA MORTE TEMPORAL”.

Como S. Jorge mantinha-se fiel a Jesus Cristo, o imperador tentou fazê-lo desistir da fé torturando-o de vários modos. E após cada tortura, era levado perante o imperador que lhe perguntava se renegaria a Jesus para adorar as imagens fabricadas por mãos humanas, Jorge sempre respondia: “Não, imperador! Eu sou servo de um Deus vivo! Somente a Ele eu temerei e adorarei”. E Deus, verdadeiramente, honrou a fé de seu servo Jorge de modo que muitas pessoas passaram a crer e confiar somente em Jesus por intermédio da pregação daquele jovem soldado romano. Finalmente, Diocleciano, não tendo êxito em seu plano macabro, mandou degolar o jovem e fiel servo de Jesus no dia 23 de abril de 303.

Prezado leitor, devido a sua fé em Jesus Cristo, São Jorge não aceitou o culto e a veneração das imagens, e por causa disso ele foi morto. Por Jesus ele viveu e morreu como um exemplo para nós hoje. E o que ele tanto desejava era que o imperador e todas as pessoas do mundo deixassem a idolatria e adorassem somente a Deus. Diz a Bíblia que Deus é Espírito e todos devem adorá-lo em Espírito e em Verdade. Jorge cria assim. Por que você não toma agora a decisão de ser como ele? Sim, São Jorge, viveu uma vida digna de se imitada por todo o mundo; por você, especialmente. Nosso povo vive cheio de crendices e superstições em busca de algo que possa preencher o vazio dos seus corações. Há somente uma resposta para você – JESUS, o Salvador em quem todos os mártires cristãos criam e milhões de pessoas hoje crêem, e desfrutam da perfeita paz e alegria que só Jesus oferece.

O QUE DEUS QUER QUE VOCÊ FAÇA:

1. RECONHEÇA QUE DEUS O AMA – Sim, Deus amou tanto a você que enviou seu próprio Filho para ser o seu Redentor.

2. RECONHEÇA QUE VOCÊ É PECADOR – A Bíblia declara que todos pecaram e por isso não podem desfrutar do amor e da paz de Deus. Como, então, resolver o problema do pecado?

3. CREIA EM JESUS COMO SEU SALVADOR – Ore a Deus confessando os seus pecados e renuncie a todos os pactos feitos anteriormente. Peça a Jesus para entrar em seu coração. E confie em Jesus, pois Ele é vitorioso!

Fonte: Blog Projeto Nur

Read Full Post »

bible

Quando a Bíblia foi dividida em capítulos e por quem?

A Bíblia Sagrada foi dividida em capítulos no século XIII (entre 1234 e 1242), pelo teólogo Stephen Langhton, então Bispo de Canterbury, na Inglaterra, e professor da Universidade de Paris, na França.

Quando a Bíblia foi dividida em versículos e por quem?

A divisão do Antigo Testamento em versículos foi estabelecida por estudiosos judeus das Escrituras Sagradas, chamados de massoretas. Com hábitos monásticos e ascéticos, os massoretas dedicavam suas vidas à recitação e cópia das Escrituras, bem como à formulação da gramática hebraica e técnicas didáticas de ensino do texto bíblico. Foram eles que, entre os séculos IX e X, primeiro dividiram o texto hebraico (do Antigo Testamento) em versículos. Influenciado pelo trabalho dos massoretas no Antigo Testamento, um impressor francês chamado Robert d´Etiénne, dividiu o Novo Testamento em versículos no ano de 1551. D´Etiénne morava então em Gênova, na Itália.

Qual(is) a(s) primeira(s) Bíblia(s) completa(s) publicada(s) com a divisão de capítulos e versículos?

Até boa parte do século XVI, as Bíblias eram publicadas somente com os capítulos. Foi assim, por exemplo, com a Bíblia que Lutero traduziu para o Alemão, por volta de 1530. A primeira Bíblia a ser publicada incluindo integralmente a divisão de capítulos e versículos foi a Bíblia de Genebra, lançada em 1560, na Suíça. Os primeiros editores da Bíblia de Genebra optaram pelos capítulos e versículos vendo nisto grande utilidade para a memorização, localização e comparação de passagens bíblicas. Em Português, já a primeira edição do Novo Testamento de João Ferreira de Almeida (1681) foi publicada com a divisão de capítulos e versículos.

Fonte: Sociedade Bíblica do Brasil

Curiosidades Bíblicas (Parte I)

Read Full Post »

biblia2

* O livro maior é o dos Salmos, com 150 capítulos.
* O livro menor é III João.
* O capítulo maior é Salmos 119.
* O capítulo menor é salmos 117.
* O capítulo 37 de Isaías e o 19 de II Reis são iguais.
* Foram usados três idiomas em sua confecção: Hebraico, grego e aramaico.
* Foi escrita em aproximadamente 1600 anos, por uns 40 autores e contém 66 livros.
* A Palavra SENHOR é encontrada na Bíblia 1853 vezes e REVERENDO 1 vez no Salmo 111:9.
* O verso maior é Ester 8:9.
* O verso menor é Êxodo 20:13.
* O verso central é Salmos 118:8.
* Texto áureo da Bíblia: João 3:16

DIVERSAS

• A “Epístola da Alegria” , a carta de Paulo aos Filipenses, foi escrita na prisão e as expressões de alegria aparecem 21 vezes na epístola.

• Quem dá aos pobres, empresta a Deus, e Ele lhe pagará. (Provérbios 19:17)

• O trânsito pesado e veloz, os cruzamentos e os faróis acesos aparecem descritos exatamente como nos dias de hoje em Naum 2:4

• A mensagem através de “out-doors” é uma citação bíblica detalhada. (Habacuque 2:2)

• Quem cortou o cabelo de Sansão não foi Dalila, mas um homem (Juizes 16:19)

•O nome mais cumprido e estranho de toda a bíblia é Maersalalhasbas – filho de Isaías (Isaías 8:3-4)

•A primeira citação da redondeza da terra confirmava a idéia de Galileu, de um planeta esférico. Bastava que os descobridores conhecessem a bíblia. (Isaías 40:22)

•Davi, além de poeta, músico e cantor foi o inventor de diversos instrumentos musicais.(Amós 6:5)

•O tio e a tia de Jesus se tornaram “crentes” na sua pregação antes de sua crucificação. (João 19:25)

•O nome “cristão” só aparece três vezes na Bíblia. (Atos 11:26 / Atos 26:28 e I Pedro 4:16)

Fonte: Blog da Irmã Vânia

Read Full Post »